segunda-feira, fevereiro 28, 2005


Depois de ir ao médico para mostrar 3 exames( que estavam normais para a minha idade ) , fui até Aveiro e Costa Nova ( foto dos palheiros )

domingo, fevereiro 27, 2005


urzes na Serra da Freita Posted by Hello

Defesa anti-missil

Até ao início de Fevereiro, os EUA tinham tido uma série de reveses nos 4 ensaios que realizaram no Pacifico com o sistema de intercepção anti-missil, pois essa arma de defesa não conseguiu sair do chão.
Finalmente esta semana, o 5º lançamento feito do navio USS Erie, ao largo do Hawai, foi coroado de êxito.
Até ao início deste mês, os EUA tinham dispendido 130 mil milhões de dólares neste projecto, o que estava a causar embaraços quer na Casa Branca, quer no Pentágono.
Se compararmos o dispêndio de dinheiro nesta operação com 2 realidades portuguesas, verificamos que:
- As grandes despesas do Estado previstas no Orçamento Geral do Estado para 2005 com – vencimentos de funcionários, S.N.Saúde, segurança social, C.G.Aposentações, Autarquias Locais, Ensino, juros da Divida Pública, contribuições para a EU, despesas com ADSE, educação pré-escolar, Regiões Autónomas e bonificação de juros, atingem o valor de 38 mil milhões de euros
- O PIB português é de 140 mil milhões de euros.

Fazendo a conversão de euros em dólares constatamos que a verba gasta neste projecto de defesa cobriria as grandes despesas do Estado português durante 2,5 anos e representa 77% do PIB nacional.
O “ inteligente “ Presidente George W. Bush tinha prometido que o escudo anti-misseis estaria operacional em 2004. Neste momento estão instalados dispositivos de intercepção no Alasca (6) e Califórnia (2). O Pentágono prevê ter 32 destes dispositivos interceptadores, até 2007.

Com todo este dinheiro quanta miséria seria eliminada ou, pelo menos, atenuada no Mundo?

O terrorismo pode nascer de idealismos extremados, mas a sua base de apoio e os seus executantes no terreno são, normalmente, os ostracizados da sociedade.

Até quando esta distorção de valores?

sábado, fevereiro 26, 2005


nascente do rio Caima, na Serra da Freita Posted by Hello

Parque urbano da Vila de Arouca, com imagem da Rainha Santa Mafalda. Posted by Hello

Molho Inglês (2)

Afinal ficou agora a conhecer-se o nome das marcas que comercializaram o molho inglês potencialmente cancerígeno, devido ao uso do colorante Sudan 1.

Trata-se das marcas “ MAKRO “ e “ FERBAR “ .

Fiquei espantado com a quantidade de molho apreendido – 40.000 litros. Tendo em conta a dimensão normal das embalagens desse tipo de produto, terão sido retiradas do mercado mais de 100.000 embalagens.

É obra.

Os ingleses da Worcester Sauce W3 (produtores do molho) são verdadeiros “ amigos da onça “ ao exportarem para todo o Mundo produtos que, pelo menos, são proibidos na Europa comunitária.
Se verificarmos uma embalagem de molho inglês constatamos que este é constituído por – água, vinagre, melaço, glucose, especiarias (principalmente pimenta), regulador de açúcar e acido acético.

Alguém me consegue explicar porque é que temos que importar este molho de Inglaterra?

Não teremos no nosso País industrias alimentares com capacidade para fabricar este produto?

Apostemos na indústria nacional, preferindo produtos portugueses.

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Manhã no café

Faz parte da minha rotina diária passar uma parte da manhã no café a conversar e a ler.
O café que frequento é um espaço amplo, com muita luz natural.
Normalmente ocupo uma mesa junto ao envidraçado que preenche o espaço poente e sul. Hoje, no entanto, resolvi colocar-me num sítio mais estratégico -a parte central do café.
Estava cercado de conversadores por todos os lados.
Resumo de algumas conversas:
- Sabes que a Rainha Isabel II de Inglaterra não vai ao casamento do filho?
- E eu importo-me lá disso, ela também não veio ao meu casamento.
- Sabes que o Dr. Sobrinho Simões (nosso conterrâneo) vai ocupar um lugar no próximo governo?
- Cala-te, que ele tem jeito é para investigador científico, não para governar
- As reformas não deviam aumentar em termos percentuais, pois assim os que auferem reformas elevadas cada vez recebem mais. Não está certo, pois “ as bocas são todas iguais “.
- Recebi dum amigo do Brasil uma série de revistas. Sabes que só se viam mulheres peladas.
- Devia acabar-se com os tachos para os reformados de luxo, pois vão ocupar lugares que deviam pertencer a outros
- Não está certo que os administradores da C.G. Depósitos quando saem, recebam reformas de 20.000 euros mensais
- E isso também é culpa do Santana Lopes?
- Quem devia ir para Presidente do PSD devia ser o Dr. António Borges
- Tem juízo, devia ser a Dr.ª Manuela Ferreira Leite (ela é antipática e feia, mas eu gosto dela)
- O Dr. Eduardo Catroga conseguiu penhorar uma retrete no estádio das Antas. O que é que o Dr. Bagão Félix vai penhorar à Federação e à Liga?
- Olha, se a percentagem das receitas do Totobola não chega para pagar as dívidas dos clubes, prolongue-se o prazo por 30/40 anos.
- Olha, o Dr. Lobo Xavier diz que os clubes não devem nada ao fisco
- Tem juízo, os clubes não podem viver como vivem. Ainda agora o Benfica vendeu o Roger e vai receber 3 milhões de euros. É tudo uma cambada de caloteiros.
- O Porto ontem pode ter dito adeus à Liga dos Campeões europeus. O desastre poderia ter sido pior se não fosse a classe do Vítor Baía
- Tens razão o Porto jogou lento, sem rasgo, sem ambição. Luís Fabiano não justifica o investimento feito, pois foi uma nulidade.

Se o Eng.º José Sócrates precisar de ministros , o PSD dum Presidente ou os clubes de futebol necessitarem de treinadores, é só virem ao meu café que os problemas resolvem-se duma maneira económica.

quinta-feira, fevereiro 24, 2005

Inseminação atmosférica

Ontem, pela primeira vez, ouvi falar de “ inseminação atmosférica “.

Trata-se duma técnica que consiste em pulverizar as nuvens (estratiformes ou cúmulos-nimbos) com cloreto de cálcio e iodeto de prata de modo a provocar chuva, desde que se registe nebulosidade.

Foi usado um avião C-130 da Força Aérea Portuguesa onde, no lançador de “engodos” para desviar mísseis, foram aplicados 240 cartuchos de iodeto de prata e 180 cartuchos de cloreto de cálcio. Estas substâncias, como são hidrófilas, provocam o aumento de peso das gotículas de água, formando-se a chuva.

A técnica nos dias de hoje surpreende-me com vocábulos que eram impensados por mim, há alguns anos.

Nunca me passou pela cabeça ouvir falar em “ INSEMINAÇÂO ATMOSFÉRICA “

quarta-feira, fevereiro 23, 2005

Falta de pontualidade

No meu post de ontem referi que uma das características de grande parte da população portuguesa é a falta de pontualidade.

Hoje participei numa reunião para a constituição do Conselho Local de Acção Social na área do Município onde resido.

A reunião estava marcada para as 16.00 horas.

Acontece que a apresentadora do programa chegou às 16.30 horas e o Sr. Presidente da Câmara Municipal apareceu às 16.40 horas.

Estavam a aguardar a reunião 36 pessoas, o que equivale a 24 horas de perda de trabalho.

Este é um exemplo dos milhares de horas que se perdem no nosso País por não cumprirmos horários.

Devia estabelecer-se uma multa para quem chega atrasado às reuniões.

Molho inglês

Milhares de litros dum molho inglês foram retirados do mercado português por ordem dos organismos de controlo da qualidade alimentar.
O referido produto contem um corante (Sudan 1) que tem efeitos cancerígenos.
A empresa portuguesa das Caldas da Rainha que importou o produto, reembalou o molho para diferentes marcas.
Não se percebem as razões pelas quais não são divulgados os nomes das referidas embalagens, através da comunicação social.
As marcas podem ser poderosas, mas com a saúde pública não se pode brincar.
Está mal. Divulguem, por favor, o nome das marcas envolvidas neste caso.

Rotary International

Faz hoje 100 anos que 4 americanos (um advogado, um negociante de carvão, um engenheiro de minas e um alfaiate) criaram, em Chicago, um movimento destinado a aproximar profissionais das mais variadas áreas, com vista a fomentar a paz e a compreensão mundiais.
Neste momento, o Rotary International conta com mais de 1.200.000 profissionais, integrados em quase 32.000 clubes espalhados por 166 Países.
Rotary International é um parceiro privilegiado das Nações Unidas, colaborando em muitas iniciativas humanitárias implementadas por esta organização.
Uma das acções humanitárias desenvolvidas por Rotary e que está prestes a concluir-se, prende-se com a erradicação da poliomielite (paralisia infantil) em todo o Mundo. .Desde 1988 foram vacinadas em todo o Mundo mais de 2 biliões de crianças. Neste momento apenas se registam focos de poliomielite em 5 Países de todo o Mundo.
Os 32.000 clubes rotários espalhados pelo Mundo financiaram esta operação quer em termos financeiros (mais de 600 milhões de dólares), quer em termos de voluntariado pessoal, operando no terreno em acções de imunização.
O movimento rotário desenvolve muitas acções humanitárias em todo o Mundo, nomeadamente nas seguintes áreas:
-concessão de bolsas de estudo a estudantes carenciados
- distribuição de água potável em países sub-desenvolvidos
- fornecimento de próteses a deficientes ou a vitimas de minas de guerra
-operações e rastreio no campo oftalmológico
- construção de instalações para apoio dos jovens e dos idosos
- acções de sensibilização para a protecção ambiental

Em Portugal o Rotary existe há 76 anos e conta, neste momento, com cerca de 4.500 membros, integrados em 153 clubes, que reúnem uma vez por semana para estreitar o companheirismo e para colaborar em acções humanitárias da mais variada índole, para as quais consigam agregar boas vontades e os indispensáveis apoios financeiros.

Parabéns ao Rotary International pelos 100 anos de existência.

Parabéns à Fundação Rotária Portuguesa pelo apoio que tem concedido a milhares de estudantes portugueses para a conclusão dos seus cursos de valorização profissional.

terça-feira, fevereiro 22, 2005

Pessimismo português

Um jornalista da Agência Reuters esteve, recentemente, em Portugal para analisar o País e os Portugueses. No texto que publicou referiu que o pessimismo é o sentimento mais marcante nos Portugueses. Vivemos descrentes de nós próprios, como Povo e como País. Até em simples expressões populares demonstramos um certo pessimismo (exemplo – Ri-te, ri-te, que amanhã choras).
Dado que nós somos um Povo fruto de muita miscigenação, talvez esse negativismo faça parte do nosso ADN.
Sem querer generalizar, essa matriz genética talvez condicione o comportamento duma franja social bastante significativa do nosso povo.
Infelizmente, uma grande parte da população portuguesa tem as seguintes características:
- Tendência para nivelar por baixo
- Tibieza no exercício do poder
- Incapacidade de nos organizarmos
- Falta de pontualidade
-Auto-flagelação
- Falta de ambição

O que fazer?

Portugal precisa de uma sólida imagem interna para poder transmitir uma boa imagem no exterior.
Se tivermos má imagem de nós próprios, nunca poderemos transmitir para o exterior uma imagem positiva de um País na senda do desenvolvimento e que seja civicamente maduro.
Todos sabemos que é difícil vender um produto em que não se acredita.
Temos que acreditar em nós.

Tudo é possível ………Basta querer.

sábado, fevereiro 19, 2005

Ensino da Matemática

A universidade de Aveiro apresentou, há dias, um novo manual de ensino da Matemática, destinado aos alunos do 6ºano do ensino básico.
Este manual propõe uma nova abordagem do ensino/aprendizagem da Matemática, incidindo em problemas do dia a dia. Pretende-se que com este método de aprendizagem os alunos sejam incentivados a pensar, em detrimento do memorizar.
Reconhecendo-se que a Matemática continua a ser um problema sério para a maior parte dos alunos portugueses (70% dos alunos que completam o 12º ano têm fraco aproveitamento nesta disciplina), esta iniciativa da Universidade de Aveiro é de elogiar
No meu entendimento, no entanto, esta iniciativa tem uma pequena lacuna. Ao escolher como público-alvo os alunos do 6º ano de escolaridade, vai procurar intervir junto de alunos que, por razões várias, podem já estar inoculados com o vírus do “ ódio à Matemática “
Penso, portanto, que é urgente iniciar uma verdadeira reforma do ensino da Matemática a partir do 1º ano de escolaridade, de modo a desenvolver nos alunos o gosto pela Matemática, desde tenra idade.
Para além de ligar o ensino da Matemática às questões do dia a dia (operações de aritmética, leitura de gráficos, interpretações de tabelas, cálculo de percentagens, definição de áreas e volumes etc.), é fundamental que a aprendizagem desta disciplina ajude a estruturar o raciocínio, tornando-o mais ágil.
Não há quase nenhum domínio do conhecimento que possa ser entendido sem recurso à Matemática- na Física, na Biologia, na Geologia, na Geografia, na Economia, na Sociologia, nas Artes, na Música, nas Ciências farmacêuticas etc.
Sem Matemática não há cultura científica.
Portugal sem cultura cientifica, não terá futuro como País, já que os EUA, os “tigres asiáticos” e os países do leste europeu têm um ensino de rigor neste domínio que lhes permite avançar na inovação e na criatividade, deixando-nos irremediavelmente para trás.
Sem Matemática não há “ CHOQUE TECNOLÓGICO “ que nos valha.

quinta-feira, fevereiro 17, 2005


Um pôr de sol na Ria Formosa

terça-feira, fevereiro 15, 2005

Ranking TV

Quando folheava despreocupadamente o jornal, no passado domingo, li uma notícia que me deixou perplexo.
A notícia em causa referia-se aos programas mais vistos nos 4 canais generalistas da televisão portuguesa.
Dos 5 programas mais vistos estava em 1º lugar – Os malucos do riso, em 3º lugar – O prédio do Vasco e em 5º lugar – Camilo em sarilhos.
Por curiosidade, procurei no mesmo jornal de hoje a evolução do ranking TV e verifiquei que dos 5 programas com maior audiência estava em 2º lugar – O prédio do Vasco, em 3º lugar – Batanates & Batanitos e em 5º lugar – Maré Alta (repetição).
Estas classificações das preferências dos telespectadores revela, creio eu, o nível educacional, bem como o desenvolvimento cultural do nosso País.

Parece-me. Mas admito que possa estar enganado.

domingo, fevereiro 13, 2005


Hortências do meu jardim

Levantamentos Multibanco

A partir do próximo mês, o limite máximo de levantamentos diários, através dos cartões Multibanco, passará de 200 para 400 euros.
Com esta medida os larápios de cartões Multibanco ficam com uma vida mais folgada.
Cada vez que assaltarem um pacato cidadão, podem levantar o dobro do dinheiro.
Os trabalhadores e os reformados viram os seus rendimentos mensais aumentar entre 2,5% e os 3%.Os abnegados “ amigos do alheio “ viram os seus proventos aumentar 100%.

Rica Vida!

sexta-feira, fevereiro 11, 2005

Apiterapia

Ontem li um artigo sobre APITERAPIA, que me fez recuar no tempo.
Quando era miúdo lembro-me que o meu Pai tinha muitas colmeias e cortiços, onde viviam os enxames de abelhas.
O meu Pai produzia bastante mel. Nessa época, travava-se a II guerra mundial, havia racionamento de muitos produtos.
O açúcar era um dos produtos racionados. Eram distribuídas umas senhas mensais que habilitavam à compra desse produto alimentar, (sempre em quantidades exíguas). O mel produzido substituía a escassez do açúcar.
O meu Pai é que tratava do apiário.
Às vezes via-o coberto de abelhas. Algumas ferravam-no e ele dizia que não fazia mal, pois o veneno da picada das abelhas combatia o reumatismo.
Ao longo do tempo ouvi muitos apicultores falarem das virtudes curativas da picada das abelhas.
Afinal no artigo que ontem verifiquei que, abriu, recentemente, em Portugal Um Centro de Terapia Natural que utiliza os produtos da colmeia para prevenir e tratar doenças infecciosas, bem como da área reumatismal.
As abelhas são colocadas nas zonas a tratar para que piquem o doente e estimulem determinados pontos.
Ao deixar o ferrão, a abelha deixa o veneno e morre.
A zona picada fica com um ligeiro inchaço e rubor, devido à reacção do organismo ao estímulo recebido.
Aos diabéticos e a algumas pessoas alérgicas não são aconselhados estes tratamentos.
Aqui fica este apontamento para que conste.

Boas ferroadas!

quinta-feira, fevereiro 10, 2005

Ida ao barbeiro

Hoje, fui ao barbeiro para cortar o cabelo. Convém referir que o cabelo já não é muito, mas tem que ser cuidado na mesma.
Apesar de viver numa terra do interior do País, o salão de barbeiro tem práticas modernas. De 2ª a 6ª feira tem que se fazer marcação prévia. Aos sábados os clientes são atendidos por ordem de chegada.
Nos 50 minutos que permaneci na barbearia constatei que esta instituição funciona como um autêntico laboratório sociológico.
Dois clientes ligados ao sector de transporte de mercadorias e aluguer de máquinas de terraplanagens discutiam o problema da escassez de trabalho, bem como a dificuldade em efectuar cobranças.
Outros clientes seguiam pela TV o programa “ Praça da Alegria “, em que um casal da freguesia de Maximinos da cidade de Braga comemorava o 42º aniversário de casamento. Falaram do namoro, dos 7 filhos que tiveram, bem como dos 11 netos e 2 bisnetos que são a sua grande alegria.
Com o andar do tempo entraram outros clientes e discutiram-se os problemas do futebol, nomeadamente os castigos aplicados pelo Conselho de Disciplina aos jogadores Macarty e Seitaridis do F.C. Porto. Tais castigos foram aplicados de modo a que estes 2 jogadores não alinhassem no jogo do F.C.Porto com o Benfica. Diziam os entendidos que era tudo cozinhado para favorecer os concorrentes directos.
Quando estava quase a terminar o corte de cabelo entraram 2 pessoas que vinham a recordar cenas passadas na guerra colonial. Ainda ouvi o relato de alguns episódios da vida atribulada passada por um dos ex-combatentes, que esteve mais de 1 ano prisioneiro na Guiné-Conacri.
Com o cabelo já mais aparado, fui tomar o meu café, ler o meu jornal diário, bem como uma revista semanal saída hoje.

quarta-feira, fevereiro 09, 2005

Paz no Médio Oriente

Foram ontem assinados em Charm-El-Sheik um cessar-fogo e acordo de paz entre Israel e a Palestina, ao fim de 4 anos da II Intifada.
O Estado de Israel foi criado em 14 de Maio de 1948, quando a Inglaterra entregou às Nações Unidas a Palestina para ser dividida entre judeus e palestinianos.
Para os judeus foi o regresso à “ pátria prometida e perdida “, depois de 2 milénios de errância pelo Mundo. Muitos judeus, durante o êxodo, estiveram em Portugal. No entanto, no sec.XVI, no tempo de D.João III, foram expulsos aqueles que não se converteram ao cristianismo. Muitos dos judeus expulsos de Portugal foram para a Holanda onde criaram centros de saber e amealharam riquezas apreciáveis.
Desde 1948 o Estado de Israel nunca conheceu a paz, pois nestes últimos 50 anos passou por 5 guerras com palestinianos, egípcios, sírios, jordanos, libaneses, jordanos e até iraquianos.
A presença constante de militares e de forças policiais é a primeira coisa que se estranha ao chegar a Israel. Em Israel o serviço militar é obrigatório para rapazes e para raparigas. Eles cumprem 3 anos de serviço e elas 2.
O permanente estado de guerra leva a que ir à tropa seja apenas mais uma etapa da vida que todos os israelitas cumprem sem questionar. No entanto os “ judeus ortodoxos “, que são cerca de 20% da população não vão à tropa, pois ficam a estudar a TORA (bíblia do judaísmo) e a rezar.
Ao fim de tantas décadas de lutas com dezenas de milhares de vítimas, será que agora vai haver paz neste martirizado território?
Oxalá que sim, mas os grupos radicais palestinianos e os colonos judeus estão contra o acordo de paz.
O início duma nova era de esperança só será possível, se forem implementados já acordos nas seguintes áreas:
- libertação dos prisioneiros palestinianos
- retirada dos colonos judeus dos territórios ocupados
-demolição do muro de segurança na Cisjordânia para permitir a circulação de pessoas
-definição do estatuto da cidade de Jerusalém
-reconhecimento do direito de existência do Estado de Israel por parte dos árabes

Como dizia o conselheiro judeu Eytan Haber “ na terra dos profetas é melhor não nos entregarmos ao jogo das profecias “

terça-feira, fevereiro 08, 2005

Citações

Se ao longo de trinta anos de democracia, os partidos tivessem aplicado metade das suas promessas eleitorais, Portugal teria, hoje, níveis de desenvolvimento iguais ao da Irlanda.
Miguel Coutinho – Diário de Notícias

Nota pessoal
A Irlanda tem um crescimento económico de 8% ao ano e é o 2º País europeu com melhor nível de vida depois do Luxemburgo.



Disseram que eu estava refugiado em Londres para fugir de Bush. Isso é bobagem. Não se pode fugir de Bush em nenhum lugar do Mundo.
Actor Dustin Hoffman

Holocausto de Auschwitz

A RTP.2 está a transmitir às terças-feiras, por volta das 22.30 horas uma série documental sobre uma das maiores tragédias da História humana – o Holocausto.
O campo de concentração de Auschwitz foi ampliado em 1941 (tinha eu 3 anos de idade) para a localidade de Birkenau, tendo ficado com a capacidade para albergar 100.000 prisioneiros.
Cerca de 12.000 presos chegavam todos os dias de comboio, provenientes de toda a Europa.
Os primeiros prisioneiros foram fuzilados mas diziam os nazis que “ o sangue era desagradável e deixava rastos “.
Rudolf Hoess optou por “ uma forma limpa “ para proceder ao extermínio.
Os presos quando chegavam eram seleccionados. Os homens e as mulheres com capacidade para o trabalho iam para um lado, para trabalhar nas fábricas de armamento.Os restantes (velhos, crianças e doentes) iam para as câmaras de gás.
Os condenados eram enviados para um vestiário para se despirem (sendo aconselhados a não se esquecerem onde deixavam as roupas), seguindo depois para o “ duche “.
Dos chuveiros saía apenas o gás mortal – Zyklon B. Foram feitas experiências para se poder economizar no gás. Chegou-se à quantidade de 7 quilos para eliminar 2.000 pessoas em 20 minutos.
Os corpos seguiam para os fornos crematórios, sendo feita uma inspecção prévia para arrancar os eventuais dentes de ouro.
Cada crematório (e eram 5) podia destruir 5.000 corpos por dia.
Oxalá que a Humanidade não apague da memória este crime hediondo.
Houve alguém que disse que “ depois de Auschwitz não é possível escrever poesia

Incêndio no Inverno

A minha casa está situada no meio duma encosta virada a sul. Segue-se um vale e depois uma montanha com 1050 metros de altitude e com uma extensão de 10 Kms.
Ontem, inexplicavelmente, por volta das 20.00 horas, quando a temperatura registava 2 graus, deflagrou um incêndio nas matas dessa serra.
O incêndio demorou 2 horas a ser combatido, tendo ardido uma mancha de bétulas, árvores raras nessa serra.
Tudo isto aconteceu por incúria humana, talvez pela acção descuidada de pastores que, ao fazerem as chamadas “ queimadas de Inverno “( para que as ervas e os arbustos rebentem na Primavera ), provocaram um incêndio que teve uma frente de 1.000 metros.
É com actos como este que podemos afirmar que o Homem continua a ser o maior predador do Planeta.

sábado, fevereiro 05, 2005

SINISTRALIDADE RODOVIÁRIA

A primeira reflexão no meu blogue incidiu sobre a sinistralidade rodoviária, pois é um tema que me preocupa.
Todos os dias saem de casa milhões de portugueses e há, pelo menos, 5 que regressam a casa cadáveres, vítimas de acidentes rodoviários.
Nessa primeira reflexão referi que, apesar da taxa de sinistralidade, felizmente, estar a reduzir-se no nosso País, havia uma estrada que viu, no último ano, a sua taxa de sinistralidade aumentar – a IP4 ( Amarante-V.Real-Bragança ).
Esta semana, infelizmente, mais 5 jovens militares (4 raparigas e 1 rapaz) perderam a vida nesse itinerário num brutal acidente provocado por despiste. Um dos jovens sofreu decapitação.
Todos estes jovens tinham lindos sonhos e projectos concretos que ruíram numa fracção de segundos.
Os jovens militares (de 19 a 23 anos) não morreram numa batalha convencional. Morreram na autêntica e trágica “ guerra civil “ que acontece, todos os dias, nas nossas estradas.
Estou convencido de que poderemos, no futuro, reduzir a taxa de sinistralidade rodoviária se for introduzida no ensino básico e secundário uma disciplina obrigatória de Educação Cívica e de Cidadania.