terça-feira, fevereiro 08, 2005

Holocausto de Auschwitz

A RTP.2 está a transmitir às terças-feiras, por volta das 22.30 horas uma série documental sobre uma das maiores tragédias da História humana – o Holocausto.
O campo de concentração de Auschwitz foi ampliado em 1941 (tinha eu 3 anos de idade) para a localidade de Birkenau, tendo ficado com a capacidade para albergar 100.000 prisioneiros.
Cerca de 12.000 presos chegavam todos os dias de comboio, provenientes de toda a Europa.
Os primeiros prisioneiros foram fuzilados mas diziam os nazis que “ o sangue era desagradável e deixava rastos “.
Rudolf Hoess optou por “ uma forma limpa “ para proceder ao extermínio.
Os presos quando chegavam eram seleccionados. Os homens e as mulheres com capacidade para o trabalho iam para um lado, para trabalhar nas fábricas de armamento.Os restantes (velhos, crianças e doentes) iam para as câmaras de gás.
Os condenados eram enviados para um vestiário para se despirem (sendo aconselhados a não se esquecerem onde deixavam as roupas), seguindo depois para o “ duche “.
Dos chuveiros saía apenas o gás mortal – Zyklon B. Foram feitas experiências para se poder economizar no gás. Chegou-se à quantidade de 7 quilos para eliminar 2.000 pessoas em 20 minutos.
Os corpos seguiam para os fornos crematórios, sendo feita uma inspecção prévia para arrancar os eventuais dentes de ouro.
Cada crematório (e eram 5) podia destruir 5.000 corpos por dia.
Oxalá que a Humanidade não apague da memória este crime hediondo.
Houve alguém que disse que “ depois de Auschwitz não é possível escrever poesia

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O proximo holocausto, que se avizinha, será nos campos de extreminio américanos, que se preparam para reduzir a humanidade em 80%. O holocauto nazi, perante a nova era, será apenas uma brincadeira de crianças.

11:47 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home