quinta-feira, março 03, 2005

Formação do novo Governo

Quando Cavaco Silva foi indigitado para constituir Governo, refugiou-se na Beira Alta para aí, sossegadamente e sem pressões, organizar o elenco governativo.
A comunicação social não teve a mínima hipótese de trazer para a praça pública quer os convites quer as recusas das personalidades envolvidas no processo.
Com José Sócrates está a acontecer exactamente o mesmo. A comunicação social não consegue descortinar o mais pequeno indício da formação do Governo.
A metodologia que está a ser adoptada é a mais adequada para que se consiga organizar uma equipa coesa, dinâmica e disposta a enfrentar os reais problemas do País.
Constituir um elenco governativo não é fácil e torna-se quase impossível se a comunicação social tiver rédeas largas para influir no processo.
É natural que haja recusas para ocupar certos lugares. Se essas recusas forem divulgadas, as personalidades que a seguir aceitarem, saem fragilizadas perante a opinião pública.
Não tendo votado no PS, desejo sinceramente que José Sócrates consiga formar um Governo com Ministros fortes em 4 grandes áreas – finanças públicas, economia, assuntos sociais (incluindo educação e formação) e Europa e questões internacionais

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Concordo com esta opinião.
É quase tão difícil formar um bom governo como afastar a comunicação social.
Espero que consiga, para o bem de todos nós formar o um governo eficaz, coeso e orientado para resolver os problemas de Portugal.
Depende de todos nós criar um Portugal Melhor.
Nina

12:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home