quarta-feira, junho 01, 2005

HOJE É O MEU DIA

Comemora-se, hoje, o “ DIA MUNDIAL SEM TABACO “

Ao longo dos meus 67 anos de vida, fumei alguns cigarros, cigarrilhas e charutos, mas sempre em quantidades insignificantes e normalmente em ocasiões festivas.

A minha família paterna não tinha o hábito de fumar e eu segui esse exemplo.

Os meus 2 Filhos, felizmente, também não fumam, o que me deixa muito satisfeito.

Infelizmente há jovens que começam a fumar com 12 ou 13 anos, numa atitude de afirmação pessoal, que lhes trará graves consequências de saúde, no futuro.

O tabaco é responsável por 90% dos cancros do pulmão e por 70% das doenças pulmonares obstrutivas crónicas. Em Portugal, calcula-se que morrem, anualmente, cerca de 22.000 pessoas devido a consequências do tabagismo.

Concordo e sei por experiência pessoal vivida, que só com uma vontade gigantesca e com uma determinação consequente é possível deixar de fumar.

Admiro as pessoas que conseguem vencer a dependência tabágica.

Os Governos, como está em causa um problema de saúde pública, podem tomar medidas legislativas que restrinjam o consumo de tabaco em locais públicos.

Os bares irlandeses sempre foram locais de convívio, onde se fumava muito, até para criar o ambiente propício à discussão de temas de interesse geral.

O Governo irlandês decretou a proibição desse comportamento nos bares e depois de se vencerem algumas resistências, quer dos consumidores, quer dos fabricantes, deixou-se de fumar nesses locais.

Em Portugal, se for adoptada medida idêntica, o Governo português como deixa de receber o pesado imposto que incide sobre o tabaco, vai ter dificuldades acrescidas para vencer “ O MONSTRO DO DEFICIT “

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Com grande orgulho digo hoje tambem é o meu dia.
É um grande dilema:
O que se poupa em medicamentos e tratamentos e outros custos indirectos a longo prazo não compensaria a diminuição de receita a curto prazo?
Pena que os governos só duram 4 anos...
Nina

12:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home