sexta-feira, agosto 12, 2005

INCÊNDIO EM AROUCA


Ontem, ao fim da tarde, fomos ver o estado lamentável em que ficou uma parte apreciável do Concelho de Arouca, depois do incêndio que deflagrou, a seguir ao dia 4 de Agosto.

Colhi imagens dantescas duma tragédia de dimensões nunca vistas em Arouca.

Para haver um incêndio é necessário conjugarem-se os 3 elementos, em simultâneo, do chamado "TRIÂNGULO DO FOGO" - oxigénio, combustível e temperatura.

Para que um incêndio não se propague, é necessário eliminar, pelo menos, um dos lados desse fatídico triângulo.

Constatei isso, ontem, pois a maior parte das matas ardidas não estavam limpas (combustível no solo).

Verifiquei que, em algumas zonas onde havia plantações de árvores em banquetas, com as árvores alinhadas para permitirem a escarificação do solo com máquinas adaptadas, essas áreas foram poupadas ao incêndio, apesar de serem espécies "amigas" do fogo (eucaliptos). À volta destas áreas tudo ardido, excepto elas.

O Governo teve que reconhecer, ontem no Parlamento, que a área ardida não era de 60.000 hectares, mas sim 120.000 hectares.Ontem, percorri 18 kms de carro, por estrada continuamente afectada pelo incêndio e com uma média de 2 kms de largura. Isso significa que, só em Arouca, arderam em 3 dias 3.600 hectares de floresta.
Posted by Picasa

6 Comments:

Blogger Armando S. Sousa said...

É uma área absolutamente desmesurada para arder em dois dias. Não me custa a acreditar nestes valores pois as imagens diabólicas da televisão eram bem esclacedoras da dimensão da tragédia.
Um abraço.

4:38 da tarde  
Blogger Armando S. Sousa said...

"Esclarecedoras".
Um abraço

5:02 da tarde  
Blogger rajodoas said...

Espectáculo desolador. Quem como eu conheceu a enorme mancha florestal que existia do Minho ao Algarve em 1972 e
que se manteve até deixarem se ser assegurados sobretudo por Angola os fornecimentos de madeiras, ao nosso País, hoje quem viaja de automóvel
verifica estarmos perante áreas do território completamente áridas e
rochosas, um espectáculo no mínimo
confrangedor. Com um abraço do Raul

7:46 da tarde  
Blogger CP said...

Isto é daquelas coisas que põem qualquer um fora de si. Em dois dias perdem-se no mínimo 30 anos de trabalho da nossa mãe natureza.

10:30 da tarde  
Blogger Arouca.biz said...

Arouca.biz!

8:08 da tarde  
Blogger Arouca.biz said...

Arouca.biz!

8:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home