quinta-feira, outubro 13, 2005

ESCÃNDALO


A última página do JN de hoje publica uma crónica, da autoria do jornalista Manuel António Pina, que deve merecer, de todos nós, uma reflexão séria.

Diz o articulista que a guerra do Iraque custou aos contribuintes americanos a verba de 204 BILIõES DE DóLARES. A este balúrdio, convem referir a morte de mais de um milhar de americanos e dezenas de milhares de iraquianos (chamados "danos colaterais").

204 BILIõES DE DóLARES.

Com esta verba era possível:
- pagar-se, durante 8 anos, todos os programas da FAO contra a fome no Mundo,
- ou vacinar, durante 65 anos, todas as crianças dos Países em vias de desenvolvimento,
- ou pagar, durante os próximos 20 anos, o programa de luta contra a Sida,
- ou construir-se 1,7 milhões de casas sociais,
- ou pagar-se os salários anuais de 3,5 milhões de professores primários,
- ou financiar o ensino pré-escolar a 26 milhões de crianças,
- ou financiar programas de saúde infantil para 118 milhões de crianças.

Estes números devem obrigar-nos a pensar.

Alguns seres humanos são umas BESTAS.

Um deles (que é o maior responsável por esta guerra injusta e injustificada -não havia armas de destruição maciça no Iraque), até professa uma religião que advoga o amor para com o próximo, a solidariedade, a paz e a compreensão entre os homens.

Esse homem, perante este desastre humanitário, conseguirá dormir?

Oxalá que não.
Posted by Picasa