quinta-feira, dezembro 08, 2005

INCINERAÇÃO DE LIXOS URBANOS

A ERSUC (Empresa de Resíduos Sólidos Urbanos do Centro) trata os lixos domésticos produzidos em 36 Concelhos pertencentes aos Distritos de Coimbra, Aveiro e Leiria.

Actualmente os lixos urbanos recolhidos num total de 400.000 toneladas/ano, são depositados em 3 aterros sanitários (Taveiro, Taboeira e Figueira da Foz) e que esgotam a sua capacidade de armazenamento, dentro de 2 anos.

Presentemente cada tonelada de lixo tratado pela ERSUC custa 35 euros/tonelada aos Municípios.

Há cerca de 1 ano, foi equacionada a hipótese de se construir uma incineradora. O custo dessa instalação foi orçado em cerca de 150 milhões de euros. A ERSUC solicitou um financiamento de 50% por parte do Governo.

Os adeptos da incineração de lixos dizem que:
- as incineradoras modernas permitem valorizar os lixos em termos energéticos
- as incineradoras, como evitam o envio de lixo para os aterros, limitam o problema da contaminação da água e do solo

Os adversários da incineração, por outro lado, afirmam que:
- a incineração produz dioxinas, PCBs e produtos tóxicos nocivos à saúde
- a incineração destrói materiais que podiam ser reaproveitados pela reciclagem
- a incineração dificulta que atinjamos, até 2011, a taxa de reciclagem mínima de 55% de resíduos em embalagens, imposta pela EU
- a incineração tem que pagar uma taxa sobre a emissão de CO2 para a atmosfera
- a electricidade produzida por uma incineradora não pode ser considerada “ energia Verde”, pelo que a tarifa paga pela EDP quanto à energia produzida, tem uma redução.

Por despacho governamental foi chumbado o processo de incineração dos lixos urbanos produzidos na zona de intervenção da ERSUC.

Os 36 Municípios integrados na ERSUC devem, por isso encetar um caminho que seja equilibrado em termos ambientais e económicos. É necessário:
- apostar na triagem selectiva
- reciclar o que for possível
- enviar para compostagem a matéria orgânica

Para que estes objectivos se atinjam é necessário que a população seja sensibilizada para este processo de valorização dos lixos, apostando na
REDUÇÃO REUTILIZAÇÃO RECICLAGEM