quinta-feira, fevereiro 02, 2006

Nicho de Mercado



Vivemos num Mundo globalizado, cada vez mais exigente e extremamente competitivo.

Todas as actividades produtivas, para terem futuro, tendem a explorar os chamados “ nichos de mercado”.

É assim que verificamos, no dia a dia, os mais diversificados segmentos de mercado, cada vez mais especializados. Temos restaurantes que se dedicam ao sector dos vegetarianos, indústrias têxteis que apostam, apenas nos têxteis-lar, agricultores que exploram as ervas aromáticas ou a agricultura biológica etc.

Vem isto a propósito duma notícia que li e que me fez rir um bocado, dada a sua excentricidade.

O desemprego, infelizmente, está a afectar a qualidade de vida de milhões de europeus.

Em Berlim, ao lado dum Centro de (des) emprego, existe um bordel que, em virtude da grave crise social que também se abateu sobre a Alemanha, começou a ter problemas de sobrevivência, devido à escassez de clientes.

De que se lembraram as responsáveis do bordel “ Berlin’s Schuz & Co. “?

Apostar num “ Nicho de Mercado “.

Como exerciam a sua actividade ao lado do Centro de (des)emprego, aproveitaram esse “ nicho de mercado” e começaram a oferecer aos desempregados tarifas especiais de 15 euros, sendo apenas necessários apresentar um documento de desempregado.

A satisfação tem sido total, quer para as “ trabalhadoras do sexo “, quer para os desempregados.

Uma das profissionais do sexo afirmou que “ prestamos o mesmo serviço com qualidade e empenho, só não perdemos tanto tempo com as conversas e outros preliminares”.

Parece que o “ livro de reclamações” não apresenta qualquer queixa.

1 Comments:

Anonymous Carlos said...

Como nicho, não está mal :)
Um abraço.

10:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home