domingo, julho 09, 2006

POSTAIS DE ESPANHA ( 2 )



O Município de La Muela (Zaragoza) é um dos mais ricos de Espanha, por ter decidido tirar proveito efectivo dum projecto industrial ligado à energia eólica, tendo a população aceite suportar algum incómodo, desde que colhesse benefícios reais.

A Câmara Municipal (Ayuntamiento) decidiu explorar directamente o recurso vento, instalando 350 aerogeradores na sua área territorial.

Depois de descontar as mensalidades para amortizar o investimento feito, a restante receita proveniente da venda da energia produzida, é investida em benefício da população.

Assim:
- todos os anos os 3.000 habitantes de La Muela escolhem um destino exótico para passar férias, pagando apenas 50% das despesas, pois o Ayuntamiento paga os restantes 50%. Já visitaram a Polinésia, o México e o Caribe,
- todos os estudantes recebem os livros e demais material escolar gratuitamente,
-as creches e os jardins-de-infância são gratuitos para todas as crianças,
- os estudantes universitários têm todas as despesas de alojamento, aquisição de livros, alimentação e propinas subvencionadas a 100% pelo Município
- construíram um polígono industrial e todos os pavilhões foram vendidos,
- construíram um polidesportivo novo, um auditório novo e uma nova praça de touros.

A Espanha em poucos anos transformou-se num dos maiores produtores de equipamento eólico do Mundo e é, neste momento o 3º maior exportador mundial.

Os parques eólicos instalados em Espanha, com uma potência de 10.600 MW, injectaram no último ano cerca de 20.200 GWH na rede eléctrica (8% do consumo), o que foi excelente, dado o período de seca registado.

Tudo se conjuga para que dentro de poucos anos o barril de petróleo atinja os 100 dólares. Quando isso acontecer, só os Países que apostaram na diversificação da produção energética e nas renováveis, é que poderão enfrentar o futuro com mais optimismo.

Nota Final

Em Espanha a aprovação da instalação dum parque eólico demora menos de 1 ano, enquanto que em Portugal demora no mínimo 5 a 6 anos.

Copiemos os bons exemplos, para não continuarmos a perder a pedalada.

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

A propósito do "maior parque eólico da Europa", inaugurado pelo Ministro Pinho lembro-me de há bastantes anos, talvez mais de 10, ter passado pela Serra de Muella e ter ficado perplexo com a floresta de aerogeradores ali implantados.
Hoje, aquela declaração -a ser verdadeira- é perfeitamente bacoca pelo atraso com que vem...

11:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home